BRASÍLIA - A ministra chefe da casa civil Dilma Rousseff, evitou comentar nesta quarta-feira o apoio dado pelos movimentos sociais para que ela seja candidata à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2010.

Acordo Ortográfico

Durante evento realizado nesta quarta no Palácio do Planalto, representantes dos movimentos aplaudiram a ministra e gritaram seu nome em apoio à sua candidatura.

Apesar de avitar o assunto, Dilma não se conteve e sorriu a receber os aplausos. "Eu não vou falar sobre isso. Isso não é importante, o que é importante nesse momento de crise, é que haja esclarecimento, e é isso que fizemos hoje durante a reunião com os movimentos sociais", disse ao ser questionada por jornalistas sobre esse apoio.

Durante o evento, a representante do movimento negro Cleide Souza, afirmou que o movimento apoia a candidatura da ministra Dilma. "Nós do movimento negro, já estamos em campanha para eleger a ministra Dilma para presidente, queremos dar continuidade do que foi realizado nesses oito anos"

O presidente Lula não pode comparecer ao evento, pois estava sobrevoando as regiões atingidas por enchentes em Santa catarina.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.