Dilma recua e diz que anúncio sobre meta pode demorar

Após afirmar que a proposta do governo sobre mudanças no Código Florestal poderia ser divulgada nas próximas horas, a ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, voltou atrás e disse nesta noite que isso poderá acontecer em 52, 58, 94, 102 horas. Senão, vocês chegam para mim e falam: ministra, 24 horas e nada.

Agência Estado |

" Com o esclarecimento, Dilma mostrou que a questão ainda está em aberto no governo.

A ministra já havia dito que a intenção do Executivo é ter uma proposta única. "Será divulgada quando o presidente Lula decidir", enfatizou.

Expectativa positiva

O secretário executivo do Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas, Luiz Pinguelli Rosa, afirmou hoje que o governo brasileiro está muito próximo de assumir um compromisso de reduzir as emissões em 40%.

"Se não for 40% será próximo de", disse ele ao deixar reunião do fórum em São Paulo. "Não posso garantir que seja 40% porque é preciso haver uma justificativa técnica para as parcelas acima dos 20%", disse, referindo-se à redução de emissões que seria resultante da diminuição do desmatamento em 80% até 2020.

Segundo ele, um dos setores que surpreendeu nas últimas reuniões foi o de agronegócio, que, conforme contou, está disposto a reduzir emissões por meio de ações como o plantio direto e a associação entre agricultura e pecuária. "A agricultura pode reduzir muito", afirmou.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG