A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, apareceu nesta segunda-feira, com um visual bem mais moderno, na abertura da 36ª Couromoda - Feira Internacional de Calçados, Artigos Esportivos e Artefatos de Couro, realizada no Parque Anhembi, em São Paulo. Cabelos mais claros, leves e repicados, lentes de contato no lugar dos óculos, maquiagem e colar de pérolas, Dilma estava mais magra num conjunto de casaquinho e calça pretos com detalhes em branco.

AE
Embora tenha acompanhado o presidente Luiz Inácio Lula da Silva na visita à feira, ela limitou sua participação à composição da mesa da abertura no evento e passou longe dos jornalistas. Notícias não-confirmadas e tampouco negadas pela assessoria do ministério dão conta de que ela teria passado por uma cirurgia plástica no rosto e no pescoço, com um dos cirurgiões mais famosos de Porto Alegre (RS), durante sua estada na capital gaúcha no fim do ano.

Dilma é a preferida de Lula para a cabeça de chapa do PT à Presidência da República nas eleições de 2010. A "mãe do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento)", como diz o presidente, estaria se preparando para um ano em que estará ainda mais em evidência, já que as obras do programa são uma das principais armas de Lula para reduzir os efeitos da crise financeira internacional no País.

Lula não deixou de citá-la em seu discurso na Couromoda. "A dona Dilma tem a responsabilidade de não permitir que pare nenhuma obra do PAC. Pelo contrário, inventar novas obras importantes para o Brasil, descobrir novas necessidades do Brasil para que a gente faça os investimentos", declarou.


Leia mais sobre: Dilma Rousseff

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.