Dilma quer evitar espetacularização de sua doença

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) disse nesta quinta-feira que não quer transformar sua doença em um espetáculo para a mídia. Não pretendo polemizar. Pretendo, sempre que for necessário, mostrar para as pessoas que é preciso se prevenir, mas não vou transformar esse tratamento em um espetáculo midiático, afirmou.

Reuters |

Em relação ao ritmo de suas atividades de trabalho, a ministra disse que poderá comparecer a compromissos sem o mesmo fôlego.

"A minha atividade vai depender de mim, às vezes com mais disposição, às vezes com menos disposição", afirmou.

Dilma, que revelou ter um câncer linfático no sábado, terá de fazer tratamento quimioterápico por quatro meses em hospital de São Paulo.

A ministra, potencial candidata à sucessão presidencial em 2010, disse que tem recebido muito apoio e solidariedade da população.

(Reportagem de Denise Luna)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG