Dilma promete zerar déficit habitacional em 15 anos

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, prometeu hoje zerar o déficit habitacional no País - estimado em 8 milhões de moradias - em 15 anos. Durante discurso na cerimônia de posse da nova diretoria do Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi), Dilma disse que o programa Minha Casa, Minha Vida é o modelo que levará o Brasil a atingir este objetivo.

Agência Estado |

Ela afirmou ainda que acha possível traçar uma meta ainda "mais ambiciosa" para resolver o problema do déficit habitacional. "Acho 15 anos uma meta factível, mas tenho certeza que este país vai crescer. Temos de ter uma meta mais ambiciosa." Em tom de candidata, ela disse que o programa Minha Casa, Minha Vida marca o início do prometido "espetáculo do crescimento". A impressão foi cunhada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, como uma promessa de crescimento para o Brasil.

Dilma fez questão de louvar os benefícios futuros do programa de governo. "No Brasil, havia uma esfinge para a qual a gente tinha de responder um enigma ou éramos devorados. Como resolver um déficit habitacional de 8 milhões de moradias?", disse. "Era impossível recorrer apenas a soluções de mercado e o Minha Casa, Minha Vida foi um grande passo na solução desses problemas."

Usando a famosa frase de Lula, a chefe da Casa Civil disse: "O Minha Casa, Minha Vida é a pré-estreia do que vai ser o 'espetáculo do crescimento'. É mais que uma promessa, é um compromisso." Antevendo a disputa pela sucessão presidencial de 2010, Dilma disse que o Brasil precisa de continuidade e previsibilidade. "Não podemos trabalhar por soluços."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG