Dilma: parte dos dados publicados é verdadeira

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, disse hoje na entrevista coletiva no Palácio do Planalto não descartar nenhuma hipótese na divulgação dos dados das contas do governo publicados hoje no jornal Folha de S.Paulo como suposto dossiê.

Agência Estado |

Sem explicitar, admitiu que uma parte dos dados publicados pelo jornal é verdadeira e saiu do banco de dados da Casa Civil. Ressaltou, porém, que a Casa Civil está analisando o que, segundo ela, foi adulterado na notícia publicada e o que coincide ou não com o banco de dados da Casa Civil.

"Nós estamos checando tudo o que está aqui", apontou, mostrando a página do jornal em que foi publicada a reportagem. Informou que o Instituto de Tecnologia da Informação (ITI) fará auditoria de cinco computadores que continham os dados e está verificando também as pessoas que acessaram as informações. Dilma não quis revelar quantas pessoas têm este acesso, embora tenha dito que sabe quantas são. A ministra reconheceu que a segurança dos dados manipulados pela Casa Civil pode ser melhorada e frisou haver uma disposição clara, na divulgação dos dados, de imputar à Casa Civil a responsabilidade pela elaboração de "um falso dossiê".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG