A ministra-chefe da Casa Civil e candidata do PT ao Palácio do Planalto, Dilma Rousseff, telefonou hoje à tarde ao presidente da Câmara, Michel Temer (SP), para parabenizá-lo pela reeleição ao comando nacional do PMDB, no último sábado. Mantido na presidência nacional do PMDB até 2012 por 591 dos 597 votos dos delegados que participaram da convenção nacional do partido, Temer teve seu nome reforçado para vice da candidata Dilma na chapa presidencial petista e ganhou o apoio público do presidente Lula.

"O presidente Lula considerou muito positiva a recondução de Temer", afirmou o ministro-chefe das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, que aproveitou a reunião de coordenação política do governo para relatar ao presidente e demais ministros como transcorrera a convenção peemedebista.

Segundo o ministro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva está convencido de que a permanência de Temer à frente do PMDB, reforça o compromisso do conjunto da legenda com o governo e com a tese da aliança em torno da candidatura Dilma.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.