Dilma nega que PMDB tenha pedido diretoria da Petrobras

BRASÍLIA ¿ A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, descartou nesta sexta-feira que o Governo pretenda fazer mudanças na diretoria da Petrobras. Dilma negou ainda que, o PMDB tenha reivindicado a diretoria de Exploração e Produção da Petrobras, ocupada pelo petista Guilherme Estrella.

Carollina Andrade, repórter em Brasília |

Não há até agora, por parte do Governo, e nem haverá, eu acredito, sinal de alguém ter pedido isso pra nós (a vaga). E não há a menor hipótese de isto acontecer. Não está em discussão está questão pra nós, destacou a ministra ao chegar no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB).

De olho em diretorias da Petrobras, o PMDB resolveu esperar a volta do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e deixar para a semana que vem a indicação dos nomes dos senadores que vão integrar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar supostas irregularidades na estatal e na Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Ao ser questionada se o Governo confia no PMDB, a ministra destacou que sim. O PMDB é nosso aliado, acrescentou. Dilma aproveitou ainda para elogiar o trabalho que o diretor Estrella tem feito na estatal que, segundo ela, é uma empresa estrategicamente importante para o Brasil.

O diretor Estrella é um dos melhores diretores da Petrobras. É um homem íntegro, um técnico competentíssimo, é um geólogo de primeira, é o responsável por esta determinação e pelo pré-sal e, além disso, é um homem que a gente tem que honrar, pelo tempo de trabalho e pela integralidade, destacou a ministra. Então, o meu apoio pelo diretor Estrella é irrestrito, completou.

Leia mais sobre: Petrobras

    Leia tudo sobre: petrobras

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG