fictícia ou fantasmagórica no PAC - Brasil - iG" /

Dilma: não há obra fictícia ou fantasmagórica no PAC

A ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, afirmou hoje na audiência pública na Comissão de Infra-Estrutura do Senado que o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) não está fazendo obras fictícias ou fantasmagóricas. Segundo ela, os governadores, independentemente de partido, reconhecem que as obras não são mera ação de marketing.

Agência Estado |

Dilma destacou que, com o PAC, o Brasil atingiu 5,4% de expansão em 2007, a maior taxa em dez anos.

"É inequívoco o crescimento. E ainda fizemos inclusão social", disse, destacando que o País está crescendo sem inflação, elogiado internacionalmente pela combinação de crescimento sustentável com inflação sob controle e distribuição de renda. Para a ministra, o Brasil, diferentemente de outros países, não está tendo problemas com a inflação porque calçou seu crescimento na estabilidade.

Na audiência, houve um momento que passou da descontração para a tensão. O senador Wellington Salgado (PMDB-MG) anunciou que entregaria um presente de Dia das Mães para Dilma, chamada de "mãe do PAC". Neste momento, a ministra sorriu, mas a alegria foi contida pela manifestação do senador Heráclito Fortes (DEM-PI), que lembrou que nenhum servidor público pode receber presente acima de R$ 100. Salgado, então, pegou de volta o presente que estava na mão da senadora Ideli Salvatti (PT-SC), que iria entrega-lo à Dilma. O presente era um pingente com a forma do mapa do Brasil, cravejado com brilhantes. Heráclito disse que R$ 100 "não pagariam nem a embalagem do presente."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG