Dilma justifica aumento de servidores públicos

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, reafirmou que o governo não pode parar a cada dois anos por conta de acusações, feitas pela oposição, de dar viés eleitoral a suas ações. Ela se referiu à recente medida provisória que reajusta os vencimentos de 1,4 milhão de servidores públicos, aprovada pelo Senado na quarta-feira.

Agência Estado |

"Um ano você não pode governar porque tem eleição, no outro você governa e aí, no seguinte, pára de governar. Não existe isso", disse, durante visita de 20 minutos que fez neste sábado ao Mercado Público de Porto Alegre ao lado da candidata do PT à prefeitura da capital gaúcha, Maria do Rosário.

A ministra justificou os aumentos salariais do governo federal lembrando que estão direcionados sobretudo aos servidores das áreas de educação, saúde e Polícia Federal.

Apesar de abordar temas federais na campanha, Dilma não quis falar na sucessão presidencial e se recusou a responder às perguntas que tentavam saber se a caminhada entre as bancas do mercado era um ensaio para campanha de 2010. "Essa é uma campanha municipal, não estamos fazendo nenhuma campanha presidencial aqui".

    Leia tudo sobre: dilma

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG