Dilma faz discurso de candidata em evento com Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou hoje das comemorações do aniversário do Instituto Nacional de Seguridade Social rodeado por deputados, senadores, ministros e militantes do movimento sindical. Mas as atenções se voltaram mais uma vez para a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff.

Agência Estado |

De olho na eleição presidencial de 2010, ela investiu no discurso típico de candidata e discorreu sobre temas como inclusão social e combate à burocracia.

"Penso que uma característica muito importante do nosso governo é a inclusão social. A inclusão social que conseguimos através do Bolsa-Família, através de todo o processo de desenvolvimento econômico que temos sustentado ao longo desses anos e sobretudo agora, diante da crise", disse Dilma. Além de Lula e o do ministro da Previdência, José Pimentel, a ministra foi a única a ganhar o direito de discursar. Ao final, ela encarregou-se de agradecer a "oportunidade" de falar.

Durante a cerimônia, a jovem Adriana Queiroz da Silva recebeu das mãos do presidente Lula uma carta de concessão do salário-maternidade. Foi Dilma que pegou a filha de Adriana, Ingrid, de apenas 15 dias, e a colocou no colo de Lula para uma sessão de fotos. No palco, ao falar sobre a agilidade na concessão do benefício, Dilma voltou a falar como candidata: "Isso não é uma dádiva do Estado. É um reconhecimento do Estado brasileiro com as mulheres", continuou a ministra. "É o Estado apoiando a família."

Na saída, Lula deixou rapidamente o local, com destino a uma cerimônia em homenagem a vítimas do Holocausto. Dilma ficou para trás e, por pelo menos mais dez minutos, encarou uma maratona de poses para fotos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG