Dilma diz que trabalho do governo incomoda a oposição

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, disse hoje que são improcedentes as críticas do DEM ao governo sobre o uso eleitoral da divulgação de obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e que o trabalho do governo incomoda a oposição. O que estamos fazendo é o lançamento, o acompanhamento e monitoramento das nossas obras, algo absolutamente legítimo e que integra nossas ações enquanto Executivo, afirmou a ministra em entrevista em Novo Hamburgo, a 40 quilômetros de Porto Alegre.

Agência Estado |

Ela participou, na cidade, do lançamento de obras para prolongar a linha do Trensurb (trem metropolitano) em 9,3 km de extensão, entre São Leopoldo e Novo Hamburgo.

Dilma adotou um tom crítico em relação à oposição. "Eu acho que o que incomoda de fato a oposição é que o governo está trabalhando, que o governo está agindo, que o governo tem um projeto para o Brasil", disse a ministra. Dilma afirmou que a oposição tem direito de "falar o que quiser" em um país democrático. "Eles se preocupam conosco porque temos um volume de ação que nunca no Brasil houve igual", declarou. Por isso, afirmou compreender que a oposição fique com questões que chamou de "laterais".

Questionada sobre sua presença no palanque hoje para inaugurar uma obra do PAC em São Leopoldo (RS) e lançar outra em Novo Hamburgo, Dilma recordou de momentos anteriores em que esteve na mesma posição e disse que faz parte de sua atividade. "Minha atividade no palanque é intrínseca à função de ministra-chefe da Casa Civil", avaliou. "É porque esse governo do qual participo tem a mania de gostar de falar com o povo."

Dilma também elogiou as medidas divulgadas pelo governador de São Paulo, José Serra (PSDB), para ativar a economia. "Acho muito bom porque estamos precisando no Brasil que todos os governantes façam investimentos e não façam ajustes", destacou. A ministra disse que o governo federal irá contribuir com Serra no que for possível. "O PAC do Serra é muito bem-vindo."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG