interditar governo - Brasil - iG" /

Dilma diz que oposição quer interditar governo

SÃO PAULO (Reuters) - A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, disse nesta quarta-feira que a oposição quer interditar o governo ao processá-la na Justiça Eleitoral por promover, ao lado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, suposta campanha eleitoral antecipada à sucessão presidencial em 2010. Eu acho que tem esse intuito (de antecipar a disputa eleitoral). E tem sobretudo o intuito de interditar o governo, afirmou Dilma a jornalistas após participar do encerramento do Congresso da Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos, na sede da Força Sindical, em São Paulo.

Reuters |

"É estranho que essa tentativa sempre ocorra quando há políticas do governo sendo implantadas. E são políticas que beneficiam o Brasil."

A representação, feita pelo DEM e pelo PSDB, tem como foco a participação de Dilma em um encontro patrocinado pela Presidência da República, que reuniu cerca de 4.000 prefeitos em Brasília entre os dias 10 e 11 de fevereiro.

A representação leva em conta, entre outras coisas, reportagens da mídia e uma foto da tenda no evento onde era possível aos prefeitos fazer uma fotomontagem ao lado de Lula e Dilma.

Dilma negou que o encontro tivesse um caráter eleitoreiro e classificou as fotos de "uma manifestação lateral".

Sobre as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que também rendem críticas da oposição, a ministra afirmou que elas beneficiam Estados governados pelo DEM e pelo PSDB, e disse que continuará participando de inaugurações.

"Em várias cidades tem projetos que nós vamos prestar conta deles, nós vamos participar das inaugurações", disse a ministra. "Nós devemos inclusive também acompanhar nesta fase o andamento dos projetos", acrescentou.

(Reportagem de Fabio Murakawa)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG