A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, afirmou hoje, durante o 4º Congresso do PT, que considera muito bem-vindo em sua campanha à Presidência da República o ex-ministro-chefe da Casa Civil José Dirceu, apontado pelo procurador-geral da República como chefe da quadrilha responsável pelo escândalo do mensalão. Depois de Dirceu ter declarado hoje à imprensa que não agirá mais na clandestinidade e que gostaria de ajudar na campanha, Dilma disse que ele, assim como todos os militantes do PT, são bem recebidos se quiserem ajudar nas articulações para as eleições deste ano.

"Ele é um dirigente do partido e como tal vai ser considerado", afirmou a ministra, que deixou esta tarde o Centro de Convenções Ulisses Guimarães, onde participou de seminário fechado com delegações internacionais, convidadas para o congresso petista.

"Todos os dirigentes, todos os militantes do PT são bem-vindos, até porque deles eu dependo para me eleger", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.