A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, vai abrir na noite de amanhã um seminário de três dias do antigo Campo Majoritário, a corrente do PT hoje denominada Construindo um Novo Brasil. Segundo informaram fontes da ala do partido, o evento será realizado em um hotel em São Roque, no interior de São Paulo.

A corrente tem posição proeminente na atual direção do PT. Entre seus membros estão o presidente do partido, o deputado federal Ricardo Berzoini (SP), e seu vice-presidente, o assessor especial da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia.

De olho nas eleições internas do partido no ano que vem e na eleição presidencial de 2010, o encontro juntará figuras apontadas como protagonistas para o PT. Além de Dilma, cotada como a candidata do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para sucedê-lo, estará presente também Gilberto Carvalho, chefe-de-gabinete de Lula, apontado como o próximo possível presidente do PT. Se eleito, Carvalho irá coordenar o processo de escolha do candidato petista para o Palácio do Planalto.

Na abertura, além de Dilma, estarão presentes Berzoini, Marco Aurélio Garcia, os líderes do partido no Senado e na Câmara, a senadora Ideli Salvatti e o deputado Maurício Rands, além de diversos membros da Executiva do PT. Na manhã de sábado haverá debate sobre conjuntura nacional entre Berzoini e José Dirceu, ex-ministro-chefe da Casa Civil do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, afastado do governo após o escândalo do mensalão. No domingo, está previsto um debate de Berzoini com o secretário-geral da Presidência, Luiz Dulci, e o chefe de gabinete de Lula, Gilberto Carvalho.

O objetivo do seminário é fazer um balanço geral das eleições deste ano e debater a conjuntura nacional e as perspectivas eleitorais nacional e estaduais. Os membros da corrente também irão discutir sua organização para o Processo de Eleição Direta (PED) do PT, que será realizado em 22 de novembro, e para o IV Congresso do partido, que deverá ocorrer no início de 2010.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.