Dieta rica em carne bovina facilita ação de bactéria

Cientistas trouxeram uma notícia boa e outra ruim para quem aprecia carne vermelha e laticínios. Um artigo da revista britânica Nature mostrou como uma dieta rica em alimentos de origem bovina torna o organismo humano mais vulnerável a uma forma severa de infecção alimentar.

Agência Estado |

A publicação americana Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS) trouxe, na segunda-feira, a hipótese de uma terapia eficaz contra a doença.

Os dois estudos tratam da mesma bactéria: a Escherichia coli , um microrganismo encontrado nas vísceras de mamíferos e aves. Há, no entanto, linhagens da E. coli que causam doenças. Um exemplo são as bactérias que produzem a toxina Shiga, substância capaz de provocar hemorragias no sistema digestivo e nos rins.

A linhagem responsável por 90% dos surtos endêmicos da doença é conhecida como E. coli O157:H7. Ela produz a toxina Shiga de forma muito agressiva e pode levar à insuficiência renal grave. O hábitat da linhagem O157:H7 são os intestinos dos bois. Carne, leite ou derivados contaminados servem como veículos para a infecção. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG