Bate-boca é estratégia para tirar foco do Sarney - Brasil - iG" /

Dias: Bate-boca é estratégia para tirar foco do Sarney

O senador Alvaro Dias (PSDB-PR) avaliou hoje que o líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), aumentou o tom do discurso ontem, ao bater boca com o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) em plenário, para tirar o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP), do alvo da crise política. Bate-boca é estratégia para tirar foco do Sarney.

Agência Estado |

Está se tornando hábito, nos últimos anos, banalizar as denúncias para tentar igualar a todos", disse o parlamentar paranaense.

Após anunciar que o PMDB havia registrado representação contra o líder do PSDB, Arthur Virgílio (AM), no Conselho de Ética, Renan discutiu com Jereissati e o debate entre os senadores chegou à troca de palavrões. "É uma vergonha a troca de acusações, destrói a imagem do Senado. Momento terrível, constrangedor, humilhante. Tem momentos que tenho vontade de ir embora daqui. Só não vou porque preciso reagir, preciso resistir", afirmou.

Segundo Alvaro Dias, o PSDB ainda não decidiu se irá apresentar uma representação contra Renan no Conselho de Ética por causa das agressões verbais contra Jereissati, mas a avaliação pessoal do senador é de que o partido deve esperar a análise de outras ações que o colegiado tem para julgar antes de tomar a decisão sobre uma nova denúncia. "Já há representação lá do que eu considero mais adequado. Melhor esperar concluir lá, depois vermos se fazemos outra. Nós vamos acabar banalizando o instituto da representação se a cada dia propusermos uma."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG