Diário Oficial do DF confirma eleição indireta

A lista das sete chapas autorizadas a disputar a eleição indireta do novo governador do Distrito Federal (DF), no próximo dia 17, foi publicada na edição desta quarta-feira do Diário Oficial da Câmara Legislativa do DF. O eleito cumprirá mandato-tampão até 31 de dezembro deste ano, quando acabaria o mandato de José Roberto Arruda (sem partido), cassado pela Justiça Eleitoral por infidelidade partidária.

Agência Estado |

Estão na corrida pelo cargo o deputado distrital Aguinaldo Silva, do PRB, o ex-presidente da regional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-DF) Luiz Filipe Coelho (PTB), o ex-secretário de Educação do DF Antonio Ibañez (PT), o ex-presidente da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) Rogério Rosso (PMDB), José Messias Souza (PCdoB), Nilton Reis Batista Júnior (PV) e o governador interino do DF, Wilson Lima (PR). Ao todo, 11 chapas foram inscritas para concorrer aos cargos de governador e vice-governador do Distrito Federal, mas apenas estas sete foram aceitas.

Uma das chapas era fictícia. Fora apresentada por estudantes da UnB, e sua inscrição chegou a ser publicada no Diário Oficial local, mas depois foi impugnada pela Mesa Diretora da Câmara. Essa chapa fictícia era formada por dois candidatos inventados pelos integrantes do movimento "Fora Arruda": Tony Panetone e Bezerra Dourada.

As chapas do PRTB e da coligação PSL/PTN também foram impugnadas por falta de documentação. O candidato do PSDC, Virgílio Macedo, desistiu de concorrer.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG