DF pagará 14º salário em escolas destacadas por mérito

O governo do Distrito Federal anunciou hoje a criação de um 14º salário dos professores do DF, com o pagamento vinculado a melhorias nos resultados das escolas onde eles dão aula. O Pró-Mérito, como o bônus está sendo chamado, será recebido pelas escolas que diminuírem em 20% os índices de repetência e evasão e aumentarem as notas nos sistemas de avaliação nacional e local.

Agência Estado |

O bônus será equivalente a um salário dos professores e servidores e já será pago em dezembro deste ano. A expectativa é que 41 mil funcionários da educação possam recebê-lo, pois a intenção é pagar também aos servidores das regionais de educação, desde que pelo menos 70% das escolas da região cumpram suas metas, e da Secretaria de Educação, se 70% das escolas do DF atingirem os objetivos.

Assim como nos outros Estados onde um bônus por mérito foi criado - entre eles, São Paulo e Rio Grande do Sul -, o sindicato dos professores da rede pública não reagiu bem à novidade. A alegação é que o sistema estimula uma competitividade, apesar de não haver bônus individual para o professor, e sim para o resultado da escola - e ainda deixa de fora professores licenciados e aposentados.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG