Detran Rio desmonta esquema de venda de vistorias

RIO DE JANEIRO - Agentes da Corregedoria do Detran-RJ descobriram, nesta segunda-feira, um esquema irregular de venda de vistoria no posto Reduc, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Um vistoriador foi detido e encaminhado para a 62ª DP (Imbariê), onde foi registrada a ocorrência. O funcionário do Detran foi autuado por inserção de dados falsos em sistema informatizado e por falsidade ideológica.

Redação |

A Corregedoria foi ao posto checar denúncias de irregularidades na vistoria de caminhões, táxis e kombis. No local, observaram um caminhão, que já estava na linha de vistoria. Quando chegou o momento da vistoria, o funcionário do posto apenas colheu dados do chassi do veículo e o aprovou, sem checar os demais itens geralmente analisados na inspeção do Detran.

- Precisamos combater as eventuais irregularidades para melhorarmos os serviços prestados à população. Esta ação da Corregedoria ilustra nossos esforços para oferecer serviços de qualidade e uma relação de transparência com nossos usuários - declarou o presidente do Detran-RJ, Antonio Francisco Neto.

Os agentes abordaram o dono do caminhão, que já estava saindo do posto com o veículo e com os documentos emitidos. O proprietário foi obrigado a voltar e fazer a vistoria de fato. O caminhão foi reprovado na aferição de gases poluentes e em outros cinco itens da vistoria veicular.

O dono do caminhão disse aos agentes da Corregedoria que foi abordado por um terceiro homem, que teria pedido R$ 250 para aprovar o veículo na vistoria, mas essa pessoa não foi posteriormente localizada. Além do vistoriador, o motorista também foi levado para a delegacia para prestar esclarecimentos.

Leia mais sobre: Detran

    Leia tudo sobre: carrodetranriovistoria

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG