RIO DE JANEIRO - O Detran montou um esquema especial, que entrará em funcionamento a partir de 8 de julho, para recadastrar os cerca de um milhão de motoristas registrados no Prontuário Geral Único (PGU). A medida segue o cumprimento da resolução 276 do Contran, publicada em 13 de maio de 2008, que determina que todos os PGUs com prazos de validade expirados sejam recadastrados até 11 de agosto deste ano, sendo assim incluídos no Registro Nacional de Condutores Habilitados (Renach).

Os PGUs são os documentos de Habilitação emitidos de 1981 e 1994 e que não têm foto digitalizada. Desde a publicação da resolução 276 o departamento efetua o recadastramento, mas apenas sete mil condutores se apresentaram. Para intensificar o serviço, o Detran elaborou uma estratégia para que o maior número possível de condutores não perca o prazo.

Os condutores com CNHs sem foto digitalizada vencidas até 13 de maio terão até 11 de agosto para se recadastrarem no Detran, e os motoristas que estão com documento ainda válido terão até 30 dias após o vencimento para fazê-lo. Depois de 11 de agosto, os interessados terão que realizar os mesmos procedimentos de quem tira a primeira CNH para as categorias A e B.

"Queremos que nossos usuários não sejam prejudicados e por isso nos organizamos para esse serviço especial. O atendimento será diferenciado para não comprometer os demais serviços e oferecer um serviço cada vez melhor à população", explicou Beatriz Diniz, diretora de Habilitação do Detran.

Mais informações podem ser obtidas no serviço de tele-atendimento do Detran: 3460-4040 e 3460-4041, para a capital, e 0800 204040, para o interior do estado, com funcionamento de segunda a sexta, das 8h às 20h, em ambos os casos.

Leia mais sobre: Detran

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.