Desobstrução de rodovia em Santa Catarina vai demorar 30 dias

A estrada está totalmente obstruída após deslizamento de aproximadamente 15 mil metros cúbicos de terra na SC-456

AE |

selo

A desobstrução da SC-456, rodovia que liga Santa Catarina ao Rio Grande do Sul, vai demorar 30 dias. A estimativa é do presidente do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), Paulo Meller. A estrada está totalmente obstruída desde o início da semana, quando houve um deslizamento de aproximadamente 15 mil metros cúbicos de terra, próximo à hidrelétrica Barra Grande (Baesa), no município de Anita Garibaldi.

Meller disse em entrevista ao portal do governo de Santa Catarina que o Deinfra e a Baesa vão trabalhar a partir de amanhã em duas frentes, uma pelo lado de Santa Catarina e outra pelo Rio Grande do Sul. Devem ser feitas cerca de 1.500 viagens de caminhão para retirar o material e levá-lo para duas áreas já definidas pela gerência da hidrelétrica.

Como há previsão de chuva para o início da próxima semana, Meller não descartou a ocorrência de novos deslizamentos na área, porém menores. "Há ainda muitas fissuras no talule (encosta do morro)", disse. Além do risco de outros deslizamentos, o presidente do Deinfra afirmou que o espaço para manobras é muito estreito, reduzindo a velocidade de operação das máquinas.

    Leia tudo sobre: rodoviasanta catarina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG