Desmatamento nos últimos quatro meses foi o menor da história, diz Minc

BRASÍLIA - O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, afirmou nesta quarta-feira que nos últimos quatro meses a média de desmatamento na Amazônia brasileira ficou em 630 km² por mês - a menor da história do País. Ainda não estamos satisfeitos, mas em pouco tempo muita coisa aconteceu, afirmou o ministro, em audiência pública na Comissão da Amazônia, Integração Nacional e Desenvolvimento Regional da Câmara dos Deputados.

Carol Pires, Último Segundo/Santafé Idéias |

De acordo com Minc, o ministério se guiou por quatro principais medidas na busca do desenvolvimento sustentável na região amazônica. A primeira proposta fixou um preço mínimo para os dez principais produtos extrativistas da região. Outra ação foi criar linha de crédito de R$ 1 bilhão com 12 anos de carência e 4% de juros para reconstituição de áreas de preservação.

As outras duas principais atitudes do MMA nesse sentido foram: a meta para conclusão, até o fim de 2009, do zoneamento ecológico-econômico da região; e a criação do Fundo da Amazônia, com recursos de R$ 1 bilhão para projetos na área de preservação.

O ministro comentou ainda acerca de uma proposta lançada no início do mês passado por nove OnGs ambientalistas. Chamado de Pacto Nacional pela Valorização na Amazônia, o plano visa acabar com o desmatamento na Amazônia em sete anos. Na opinião de Minc, é preciso ter garantias de recursos para executar o planto, mas a idéia é muito favorável.

    Leia tudo sobre: amazonia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG