Desmatamento na Amazônia Legal tem pequena queda entre abril e maio de 2008

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - O projeto de Detecção do Desmatamento em Tempo Real (Deter) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) detectou que 1,096 km² da Amazônia Legal foram desmatados no mês de maio. Este número representa uma pequena queda em relação ao número de abril, quando 1123 km² estavam desmatados.

Redação |

Divulgação
mapa
Mapa mostra focos de desmatamento na Amazônia

O relatório do Inpe foi divulgado nesta terça-feira, com três semanas de atraso, e apresentado em novo formato, indicando pela primeira vez a distinção entre os diferentes tipos de desmatamento, conforme havia sido anunciado na segunda-feira pelo diretor do instituto, Gilberto Câmara.

Do total verificado pelo Inpe, 646 km ² corresponde ao Estado do Mato Grosso, um número 19% menor do que o verificado no mês de abril. No Pará, os estudos mostraram um aumento na área desmatada de 1,3 quilômetros, em abril, para 262 quilômetros quadrados, em maio. Porém, o Inpe explica que em abril existiam mais nuvens cobrindo a área do Estado, o que dificultou a obtenção dos resultados na época.

Para chegar a esta conclusão foram estudadas 18 imagens dos Estados do Mato Grosso, Pará, Rondônia e Amazonas.

Leia mais sobre: Amazônia Legal

    Leia tudo sobre: amazonia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG