O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, afirmou nesta sexta-feira que o desmatamento na Amazônia caiu praticamente 60% em julho deste ano, em relação ao mês anterior.

Minc disse que a queda foi ainda mais acentuada em relação a julho do ano passado: entre 60% e 70%. Os dados serão divulgados no fim do mês pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

"Acho que o fator mais forte foi a mudança da estratégia de fiscalização nos entroncamentos rodoviários", disse o ministro em entrevista na sede da Petrobras, no Rio de Janeiro. Antes, em discurso durante o lançamento do programa Petrobras Ambiental, Minc comemorou os dados apresentados por ele e declarou: "É por isso que o pessoal da frente ruralista quer pular no meu pescoço."

Leia mais sobre Amazônia

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.