RIO DE JANEIRO (Reuters) - A taxa de desemprego no país registrou discreta alta em novembro, atingindo 7,6 por cento, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira. Ainda assim, a taxa foi a menor para um mês de novembro desde o início da série histórica do IBGE, em março de 2002. Em outubro, a taxa havia sido de 7,5 por cento, o segundo menor patamar já registrado.

A população ocupada nas seis regiões metropolitanas pesquisadas não apresentou alteração em relação a outubro, ficando em 22,1 milhões de pessoas.

O rendimento médio real em novembro foi estimado em 1.273,60 reais, uma alta de 0,9 por cento frente a outubro e de 4,0 por cento em relação ao ano passado.

A menor taxa de desemprego já registrada pelo IBGE nas seis principais regiões metropolitanas do país foi em dezembro do ano passado, de 7,4 por cento.

(Por Denise Luna)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.