O desembargador Jediael Galvão Miranda, de 45 anos, do Tribunal Regional Federal (TRF) da 3ª Região, seção São Paulo, morreu, por volta das 22h desta quinta-feira, num acidente ocorrido na altura do quilômetro 225 da pista expressa da Rodovia Presidente Dutra, sentido SP-RJ, em Guarulhos, na Grande São Paulo.

O veículo ocupado por Miranda, um Santana com placa oficial, era conduzido pelo técnico judiciário Sérgio Liberman, de 55 anos, que sofreu fratura exposta em ambas as pernas e foi encaminhado ao Hospital Geral de Guarulhos por uma equipe de resgate da concessionária NovaDutra. O desembargador morreu no local.

O Santana bateu na traseira de um caminhão-baú Mercedes Benz, modelo 1513, que teve problemas mecânicos e parou na faixa da esquerda. O caminhoneiro, Manoel Leobino dos Santos, de 40 anos, saiu ileso.

Por causa do acidente, a pista da Dutra ficou bloqueada parcialmente por cerca de duas horas. O caso foi registrado no 2º Distrito Policial de Guarulhos, de Vila Galvão.

Leia mais sobre: acidente

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.