BELÉM - O presidente da Santa Casa de Belém, no Pará, Maurício Cezar Soares Bezerra, divulgou que 262 bebês morreram no hospital entre janeiro e julho deste ano. Deste total, 63 mortes aconteceram entre junho e julho.

Em junho, dos 255 bebês que deram entrada no hospital, 54 morreram, segundo Bezerra. A quantidade de óbitos na UTI Neonatal é porque concentra pacientes de gravidade de todo o Estado", disse.

Segundo ele, a causa da morte dos bebês é multifatorial. Há possibilidade de fatores de estrutura, de ordem infecciosa, de ordem administrativa ou de procedimentos técnicos, afirmou. Ele também disse que não houve omissão do governo do Estado para tomar as medidas adequadas para resolver os problemas identificados no hospital.

Leia também:

Leia mais sobre: morte de bebês no Pará

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.