Descoberto um artigo do poeta Rimbaud que prova que ele também foi jornalista

Paris, 20 mai (EFE) - Um artigo inédito do poeta francês Arthur Rimbaud, que prova que o poeta também foi jornalista, foi descoberto por um jovem cineasta que prepara um documentário sobre sua vida.

EFE |

A notícia da descoberta, publicada hoje pelo jornal "l'Ardennais", provocou uma comoção entre os especialistas e admiradores do poeta que sabiam que Rimbaud havia enviado artigos a um jornal quando era adolescente, mas achavam que nenhum tinha sido publicado.

Rimbaud escreveu o artigo intitulado "Le Rêve de Bismark" (O sonho de Bismark) em 1870, aos 16 anos, e o enviou ao joprnal "Le Progrès des Ardennes", de sua localidade natal Charleville-Mézières (norte), com o pseudônimo de Jean Baudry.

O artigo foi encontrado pelo cineasta, Patrick Taliercio, que econtrou o texto na loja de um antiquário da localidade que vendia o número antigo do "Progrès" com esta explicação: "jornal que Rimbaud teria gostado de colaborar".

Taliercio viu que no exemplar de 25 de novembro de 1870 havia um artigo assinado por Jean Baudry, pseudônimo de Rimbaud.

"Le Rêve de Bismark", no qual Rimbaud mostra sua faceta patriótica, é um texto sobre a guerra entre a França de Napoleão III e a Prússia de Bismark, que acabou com uma vitória alemã e o Tratado de Frankfurt, em virtude do qual a Alemanha anexou as províncias de Alsácia e Lorena.

Nele, Rimbaud descreve Bismark passando um gancho sobre o mapa e arranhando com uma "pequena unha malvada... um grande ponto negro" que é Paris.

    Leia tudo sobre: rimbaud

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG