Descoberto complexo funerário em ruínas mexicanas de Tlatelolco

CIDADE DO MÉXICO ¿ Um complexo funerário, formado por pelo menos 50 ossadas e cinco crânios que remontam ao século XVI, foi encontrado no sítio de Tlatelolco, onde ficam as maiores ruínas pré-hispânicas da Cidade do México, informou o Instituto Nacional de Antropologia e História (Inah), nesta terça-feira.

AFP |

"Os restos correspondem, provavelmente, a vítimas de uma revolta durante a tomada de Tlatelolco, nas mãos de Hernán Cortés (1521), ou das pestes de 1545 e 1576", declarou o instituto.

Pelo tipo de arcada dentária, "os restos pertencem à população indígena, mas estão associados a elementos coloniais", explicou o Inah. Foram encontrados "virados para cima com os braços cruzados sobre o peito", acrescentou o comunicado.

Os cadáveres foram descobertos durante escavações realizadas no final do ano passado em Tlatelolco. Sobre esse local, construiu-se a Praça das Três Culturas, conhecida por ter sido palco do massacre de cerca de 300 pessoas, de acordo com cálculos de associações civis, assassinadas por militares durante uma manifestação em 1968.

    Leia tudo sobre: arqueologia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG