Descobertas as ruínas do primeiro teatro de Shakespeare

LONDRES, 6 AGO (ANSA) - Uma equipe de arqueólogos britânicos descobriu os restos do primeiro teatro em Londres onde foram representadas as obras do dramaturgo William Shakespeare (1564-1616).

Agência Ansa |

Segundo informou nesta quarta-feira o jornal inglês The Times, uma escavação em New Inn Broadway, ao norte da muralha medieval londrina, encontrou os restos do "The Theatre", um dos primeiros teatros da capital britânica e o primeiro local onde foram representadas as obras de Shakespeare no século XVI.

Segundo o Museu de Arqueologia de Londres, a descoberta do mês passado "é uma das mais importantes dos últimos tempos".

"Shakespeare é uma parte de nosso legado cultural e de como nos definimos ingleses. Esta é uma descoberta muito significativa", declarou Jo Lyon, arqueólogo do museu e encarregado das escavações.

Os especialistas conseguiram encontrar a base poligonal de ladrilhos do teatro elisabetano, construído em 1576 e sede do grupo Lord Chamberlain's Men, a companhia na qual Shakespeare atuou pela primeira vez como ator antes de começar sua carreira de sucesso como dramaturgo.

Ali foram interpretadas pela primeira vez obras como "Romeu e Julieta" e "Ricardo III", entre outras.

O "The Theatre" se localizava fora da jurisdição da City de Londres, onde os juizes puritanos proibiram o programa do teatro, impedindo que Shakespeare e outros dramaturgos pudessem se expressar livremente sem censuras.

Segundo os especialistas, após seu fechamento em 1598, o teatro foi transportado para a margem do rio Tamisa, com a criação do Globe Theatre.

O diretor do Museu de Londres, Jack Lohman, declarou por sua vez que a descoberta oferece um "olhar deslumbrante" da cidade de Shakespeare.

"A proposta de construir um teatro neste local tão especial é uma idéia muito adequada já que irá simbolizar a energia e o espírito de um lugar que foi central na história de Londres e dos londrinos", acrescentou. (ANSA)

    Leia tudo sobre: shakespeare

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG