Deputados vão investigar aborto clandestino no País

BRASÍLIA - Foi criada esta semana na Câmara dos Deputados uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a prática de aborto clandestino no País. O pedido de abertura da CPI contou com 210 assinaturas e partiu dos deputados Luiz Bassuma (PT-BA), Miguel Martini (PHS-MG) e Pastor Manoel Ferreira (PTB-RJ), segundo informações da Agência Câmara.

Agência Estado |

De acordo com o requerimento, a CPI deverá investigar denúncia feita pelo ministro da Saúde, José Gomes Temporão, durante o Programa Roda Viva, da TV Cultura, sobre a existência do comércio clandestino de substâncias abortivas e da prática do aborto no Brasil. Concedida em 16 abril de 2007, durante a entrevista o ministro afirmou que substâncias abortivas eram vendidas por meio da internet e até por camelôs no Rio.

Leia mais sobre: aborto

    Leia tudo sobre: aborto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG