Deputados tentam na Justiça reabrir Assembleia de AL

Dez deputados estaduais impetraram hoje um mandado de segurança, com pedido de liminar, no Tribunal de Justiça (TJ) de Alagoas, com o objetivo de forçar a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Estado a retomar as sessões plenárias, suspensas na terça-feira, por determinação do presidente da Casa, Fernando Toledo (PSDB). Ele disse que suspendeu as sessões por uma semana para tentar resolver o impasse criado com uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou o retorno de deputados afastados, apesar da Justiça local impedir o retorno dos indiciados na Operação Taturana, da Polícia Federal (PF), que investigou um esquema de desvio de recursos do Legislativo.

Agência Estado |

O pedido foi protocolado por sete deputados suplentes e três titulares, mas a Justiça ainda não se manifestou a respeito do assunto. Mesmo assim, os deputados "sem plenário" - como estão sendo chamado o grupo dos dez - se reuniram no gabinete do deputado suplente Castelo (PTB), para aguardar uma decisão. No entanto, devido à falta de tempo para a Justiça decidir a questão e notificar os responsáveis pelo fechamento do plenário, os deputados do grupo dos dez avaliam que dificilmente haverá sessão esta semana.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG