Deputados de SP e ONGs lançam frente contra Aids

Será lançada na quinta-feira, na Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, a Frente Parlamentar DST/Aids. A intenção é debater questões que envolvem a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) e do vírus da Aids.

Agência Estado |

Participam da iniciativa 40 deputados de diferentes partidos, além de representantes da sociedade civil atuantes na luta contra o HIV e do Fórum de ONG/Aids, entidade reúne mais de 100 Organizações Não Governamentais (ONGs).

De acordo com o coordenador da Frente, deputado Bruno Covas (PSDB), o desafio de criar o grupo de discussão foi lançado em dezembro do ano passado, durante reunião sobre o dia Mundial de Combate à Aids. "A Assembléia é a Casa do debate, então juntaremos ONGs e representantes do governo para analisar a legislação e abordar questões pertinentes ao tema", afirma.

As reuniões da Frente Parlamentar serão mensais. O primeiro ato, agendado para setembro, será fazer um levantamento de todos os Projetos de Lei que tramitam na Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo que abordam a questão, com a finalidade de definir prioridades.

Em outubro, serão discutidas propostas para cobrar do governo medicamentos e assistência para os portadores do vírus que pertencem à baixa renda. Por fim, em novembro, será a vez de elaborar medidas para garantir a inclusão de portadores no mercado de trabalho.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG