Deputados aprovam a MP do Imposto de Renda

SÃO PAULO - O plenário da Câmara aprovou há pouco o projeto de lei de conversão do deputado João Leão (PP-BA) para a Medida Provisória 451/08, que acrescenta duas alíquotas à tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF), alteração que já está vigente desde o início do ano. Uma das alíquotas, de 7,5%, incide sobre rendimentos mensais que variam entre R$ 1.434,60 e R$ 2.

Valor Online |

150. A outra alíquota intermediária, de 22,5%, é recolhida de rendimentos que estão na faixa de R$ 2.866,71 até R$ 3.582.

A medida faz parte de um conjunto de iniciativas anunciadas pelo governo no dia 12 de dezembro. Com as duas alíquotas, que estão valendo desde janeiro deste ano, a tabela do Imposto de renda fica dividida da seguinte forma: alíquota zero para rendimentos até R$ 1.434 mensais; 7,5%, desse valor a R$ 2.150; 15%, desse valor até R$ 2.866; 22,5%, até R$ 3.582 e 27,5% para os vencimentos superiores a esse valor. Isso deixará no bolso dos trabalhadores cerca de R$ 4,9 bilhões que o governo espera que sejam integralmente destinados ao consumo em 2009.

(Valor Online, com Agência Câmara)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG