Deputado propõe 143% de aumento para Yeda Crusius

Um projeto do presidente da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul, Alceu Moreira (PMDB), propõe um aumento de 143% para os vencimentos da governadora Yeda Crusius (PSDB), que passariam dos atuais R$ 7,1 mil para 17,3 mil. Em entrevistas concedidas hoje, a governadora defendeu o reajuste alegando que tanto ela quanto os secretários e diretores de estatais precisam ter remunerações compatíveis com suas responsabilidades.

Agência Estado |

O projeto também prevê aumentos para os vencimentos do vice-governador, Paulo Afonso Feijó (DEM), e dos secretários de Estado, de R$ 6,1 mil para R$ 11,5 mil. Se os reajustes forem aprovados, os vencimentos da governadora serão equivalentes aos do presidente da Assembléia Legislativa e os do vice-governador e secretários, aos dos deputados estaduais.

Os deputados do PT, maior bancada da oposição, consideram a proposta inoportuna, porque foi apresentada no momento em que o governo gaúcho passa por uma crise política, detonada pelas investigações que apontaram fraude de R$ 44 milhões no Departamento Estadual de Trânsito (Detran), e não contempla reajustes para o funcionalismo público. Se houver acordo de líderes de bancadas, o projeto será votado até o dia 16. Se não, ficará para depois do recesso de inverno, em agosto.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG