A procuradoria da Câmara deverá examinar a reclamação do deputado Flávio Bezerra (PMDB-CE) contra a equipe do CQC, programa humorístico da TV Bandeirantes. O deputado se irritou com a equipe, que tentou entrevistá-lo no corredor da Câmara hoje.

"Fui abordado por uma equipe de reportagem do CQC e disse que não queria dar entrevista, mas continuaram me filmando", reclamou Bezerra ao presidente da Casa, Michel Temer (PMDB-SP). "Acho que deve ser tomada alguma providência com relação a se fazer humor com quem está cumprindo seu dever vindo trabalhar. Então, eles idealizam, simulam uma entrevista e, depois, focalizam uma comédia com nossa imagem", continuou o parlamentar.

Bezerra contou que, em outra ocasião, já deu entrevista à equipe do CQC e que foi ridicularizado no programa. "Pela segunda vez é abuso", disse o deputado. Ele contou que tentou tirar a câmera do cinegrafista, mas não conseguiu. "Houve um desconforto", disse. A produção do CQC informou que a equipe estava fazendo seu trabalho da maneira habitual.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.