A Assembleia Legislativa de Alagoas emitiu ontem uma nota informando que a Mesa Diretora entrará com uma representação contra o deputado estadual Cícero Ferro (PMN) na Comissão de Ética da Casa por causa das ofensas dirigidas pelo parlamentar ao Poder Judiciário do Estado. A decisão de encaminhar o documento ao colegiado ocorreu após uma reunião com a presidente do Tribunal de Justiça (TJ), desembargadora Elisabeth Carvalho, realizada na sexta-feira à noite.

Após o encontro com a magistrada, os integrantes da Mesa Diretora se reuniram com o desembargador Orlando Manso, que havia determinado o afastamento de Cícero Ferro, no dia 19. Embora o prazo de 24 horas dado por Manso tenha se esgotado na tarde do dia 20, até ontem o deputado não havia sido afastado. Em vez de afastar o parlamentar, a Mesa decidiu questionar a determinação monocrática de Manso apresentando ao Judiciário as contrarrazões do não afastamento. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.