Deputado Edmar Moreira deve ser notificado sobre investigações depois do carnaval

BRASÍLIA - O corregedor da Câmara, Antonio Carlos Magalhães Neto (DEM-BA), disse nesta quarta-feira (18) que o deputado mineiro Edmar Moreira, sem partido, deve ser notificado da abertura de investigação contra ele após o carnaval. Nesta terça (17) a Corregedoria tentou entregar a notificação ao parlamentar mineiro, mas ele não foi localizado.

Agência Brasil |

ACM Neto descartou, porém, a possibilidade de Moreira estar tentando evitar ser notificado. Não tenho essa impressão. Acho que depois da manifestação que o deputado fez na noite de ontem para se justificar, após receber a informação da visita da corregedoria em seu gabinete, ele tomou a iniciativa de dizer que não está fugindo e não pode estar em Brasília.

Edmar Moreira é acusado de apropriação indevida de contribuições previdenciárias de funcionários, de não ter declarado à Receita Federal e à Justiça Eleitoral a propriedade de um castelo em Minas Gerais e de uso irregular de verba indenizatória.

O corregedor mão estipulou prazo para o fim das investigações.

AE
Castelo em Minas Gerais avaliado em R$ 25 milhões

Leia também:

Leia mais sobre: Edmar Moreira

    Leia tudo sobre: edmar moreira

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG