Deputado do PT quer CPI mista para investigar Petrobras

O deputado federal André Vargas (PT-PR) defendeu hoje, em Curitiba, a transformação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) criada no Senado para investigar denúncias contra a Petrobras em uma CPI mista da qual participem também deputados federais. Caso não consiga esse intento, ele pretende que seja criada uma nova comissão de inquérito, desta vez reunindo as duas Casas.

Agência Estado |

"O ideal é ter uma só, mas com equilíbrio de forças, com equilíbrio de avaliações", disse.

Ele adiantou que ontem mesmo seus assessores sairiam a campo para coletar as 171 assinaturas necessárias. "Amanhã, os líderes vão se reunir para discutirmos essa alternativa", afirmou. "Se eles (senadores oposicionistas) querem uma CPI equilibrada, nós queremos que os deputados também participem." Segundo o deputado paranaense, "há uma avaliação de que uma CPI irresponsável como essa possa interferir, inclusive, na valorização da empresa".

Vargas destacou que não se trata de impedir a investigação de alguma irregularidade. "Mas que isso seja feito no Parlamento", reforçou. Ele acredita que o objetivo da investigação no Senado é antecipar as eleições de 2010. "Para evitar que tome esse cunho eleitoral nós queremos participar, e a Câmara é legítima para isso", afirmou. Para ele, o que existe é uma discussão sobre uma das refinarias da Petrobras, a Abreu e Lima, em Pernambuco, sobre a qual há denúncias de possíveis irregularidades no licenciamento. "Mas esta é uma investigação prévia do Tribunal de Contas da União (TCU)", ponderou.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG