Deputado diz que TCU deve fiscalizar gastos de centrais

O deputado Gustavo Fruet (PSDB-PR) defendeu ontem que os recursos repassados às centrais sindicais a partir do recolhimento do imposto sindical sejam fiscalizados pelo Tribunal de Contas da União (TCU). É uma questão de princípios.

Agência Estado |

Se o recolhimento do imposto é obrigatório por intermédio do setor público, tem de haver maior controle", disse. "É uma garantia aos trabalhadores, que terão mais segurança sobre a aplicação dos recursos."

Levantamento realizado pelo Estado mostrou que parte da bolada de R$ 61,1 milhões do imposto repassada às centrais sindicais neste ano foi aplicada na construção e reforma de sedes, pagamento de dívidas, viagens, congressos e até em uma "sardinhada" da Força Sindical contra a elevação dos juros, em frente ao Banco Central.

O deputado argumentou que a ausência da fiscalização pelo poder público só se justificaria se o recolhimento do imposto fosse facultativo. A Câmara chegou a derrubar a obrigatoriedade do recolhimento, em 2007, mas governo e entidades sindicais conseguiram restabelecê-la no Senado. Já a prestação de contas obrigatória ao TCU, incluída pela Câmara em projeto do Executivo, acabou derrubada por veto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG