Deputado cassado Álvaro Lins tem bens bloqueados pela Justiça do Rio

RIO DE JANEIRO ¿ A 15ª Vara de Fazenda Pública determinou, nesta segunda-feira, o bloqueio dos bens do deputado estadual cassado Álvaro Lins. O ex-chefe da Polícia Civil durante o governo Garotinho, no Rio, está preso em Bangu 8, acusado de formação de quadrilha, corrupção, facilitação de contrabando e lavagem de dinheiro.

Redação |

Acordo Ortográfico

De acordo com a juíza Alessandra Cristina Peixoto, o Sr Álvaro Lins teria adquirido apartamentos incompatíveis com o vencimento mensal de R$ 8 mil, atribuindo a propriedade formal destes aos outros requeridos [Mario Franklin Mustrange de Carvalho, o Marinho, e Francis Bullos, também citados no processo]. Os imóveis em questão são um apartamento de R$ 590 mil de Lins em Copacabana, que está no nome da avó de sua esposa, e outro no Grajaú, no valor de R$ 107 mil, em nome de sua mãe.

A juíza ainda destaca dois veículos blindados do deputado cassado. ... os dados relativos aos veículos adquiridos pelos Requeridos parecem-me já indicativos da ocorrência de simulação. Um deles, um Toyota Fielder, foi comprado com dinheiro de Marinho, tesoureiro da campanha de Lins para deputado. O outro, uma Pajero, estava no nome da ex-madrasta de sua esposa.

Na conclusão do processo, Alessandra cita que o ex-chefe da Polícia Civil queria se desfazer dos imóveis usando pessoas da família. Por fim, refiro-me à transcrição da escuta telefônica em que se pode concluir que o Sr Álvaro Lins pretende dispersar o patrimônio desproporcional, e fazê-lo através de seus familiares e de sua esposa.

Leia mais sobre: Álvaro Lins

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG