Deputado Carli Filho está consciente e saiu da UTI, diz hospital

SÃO PAULO - O deputado estadual do Paraná Luiz Fernando Ribas Carli Filho (PSB), de 27 anos, teve uma melhora em seu quadro de saúde. Ele está consciente e foi transferido da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para a Unidade de Terapia Semi-Intensiva do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. Na madrugada de quinta-feira, o deputado se envolveu em um grave acidente de carro no bairro de Mossunguê, em Curitiba, que deixou dois mortos.

Redação |

Mesmo com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa por excesso de multas, Carli Filho dirigia seu automóvel no momento da colisão. O deputado sofreu um traumatismo craniano grave e múltiplas fraturas na face. Ele foi transferido para o Albert Einstein na noite de domingo, para tratar as complexas fraturas que sofreu.

Carli Filho respira e come por meio de aparelhos e deve ser submetido a uma cirurgia para a correção da deformação buco-facial. Ainda não existe previsão para a realização do procedimento médico.

Na madrugada de quinta-feira, o deputado dirigia seu automóvel, modelo Passat de cor preta, na rua Monsenhor Ivo Zanlorenzi e colidiu com um Honda Fit prata. Com o impacto da batida, os ocupantes do Honda Gilmar Rafael Souza Yared e Carlos Murilo de Almeida morreram na hora.

A Secretaria de Segurança Pública do Paraná informou que duas testemunhas teriam presenciado o acidente. Uma delas estaria trafegando atrás do Honda Fit e a outra mora na esquina onde ocorreu o choque entre os veículos. Também foram ouvidos pela polícia o dono do restaurante e os garçons que serviram o deputado momentos antes da colisão.

Sobre exames para verificar a taxa de álcool no sangue do deputado, o delegado Armando Braga de Moraes Neto, da Delegacia de Delitos de Trânsito de Curitiba, disse que os resultados estão sendo aguardados. Quanto a uma suposta velocidade alta sendo marcada no velocímetro do veículo no momento da colisão, os responsáveis pelo caso dizem que, até o momento, não há testemunhas que afirmem isso.

A Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran) instaurou inquérito para investigar as causas do acidente. Mas pelo fato do deputado possuir foro privilegiado, o inquerito foi encaminhado ao Tribunal de Justiça do Estado.

Deputado que causou acidente tem 30 multas

Leia também:

Leia mais sobre: acidente de trânsito - deputado Carli Filho

    Leia tudo sobre: deputados

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG