Falta menos de cinco anos para o Brasil sediar a Copa do Mundo de Futebol, em 2014, e o governo federal ainda não sabe quais obras serão realizadas e, mais importante, quanto vai gastar para o País receber a competição. Para piorar, os ministérios envolvidos na organização da infraestrutura nas cidades para a competição, como o do Planejamento e do Esporte, não possuem sequer esboços de projetos.

As constatações foram feitas pelo deputado Sílvio Torres (PSDB-SP), presidente da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC) da Câmara. Jornalista e empresário, o tucano ficou conhecido no mundo da bola ao ser o relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigou, entre 2000 e 2001, o contrato da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a Nike.

Leia a reportagem completa no Congresso em Foco

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.