Deputado acusado de liderar grupo de milícia renuncia ao mandato no Rio

Rio de Janeiro - O deputado Natalino Guimarães (sem partido) entregou nesta terça-feira à tarde carta de renúncia ao mandato. O documento foi levado pelo advogado Roberto Vitagliano ao presidente da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), deputado Jorge Picciani (PMDB).

Agência Brasil |

A decisão será publicada nesta quarta-feira no Diário Oficial. No lugar de Natalino assume o suplente João Pedro (DEM). A suplência aberta será ocupada por Rafael de Freitas (DEM).

Natalino está preso, junto com seu irmão, o vereador Jerônimo Guimarães, na Penitenciária Federal de Segurança Máxima de Campo Grande (MS). Eles são acusados de liderar um grupo de milícia conhecido como Liga da Justiça.

O grupo, segundo a polícia, controlaria clandestinamente diversos serviços na zona oeste do Rio, desde a venda de gás até a segurança privada.

    Leia tudo sobre: milícias

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG