só para cumprir tabela , diz deputado - Brasil - iG" /

Depoimento de Félix em CPI é só para cumprir tabela , diz deputado

BRASÍLIA - O deputado Raul Jungmann (PPS-PE) disse nesta segunda-feira que o terceiro depoimento do ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência, general Jorge Félix, marcado para esta quarta-feira na CPI dos Grampos não vai trazer fatos novos e chega a ser desnecessário. Para ele, a convocação servirá somente para cumprir tabela.

Severino Motta - Último Segundo/Santafé Idéias |

Acordo Ortográfico

"No meu modo de entender é desnecessário o depoimento. Isso na minha opinião, que já o ouvi duas vezes na CPI e duas na Comissão [Mista de Controle das Atividades de Inteligência].

A não ser que um fato novo apareça o depoimento não vai esclarecer mais nada e para mim é só para cumprir tabela", disse.

De acordo com Jungmann, Félix deve reiterar que a Abin não fez grampos e nem possui equipamentos capazes de fazê-lo e vai voltar a defender a cooperação entre a agência e a Polícia Federal na operação Satiagraha.

Além de Félix, também está agendado o depoimento do ex-agente do Serviço Nacional Informações (SNI), Francisco Ambrósio. Tal como o depoimento do general, Jungmann não acredita em novas revelações ou esclarecimentos.

"Ele vem à comissão com um habeas corpus que o permite ficar calado e não o obriga a dizer a verdade. Não tenho nenhuma expectativa com os depoimentos", lamentou.

O deputado ponderou que o mais importante nesse momento é apurar o descontrole das escutas clandestinas que acontecem e que ele chamou de "República do Grampo". E assim, encontrar os mecanismos para evitar novos episódios de espionagem tanto para o alto escalão da República quanto para o cidadão comum.

"Ficar falando se a mala [de escutas] é Gucci, é Dolce e Gabanna ou Armani não é o mais importante. O centro da questão é o descontrole [da Abin] e a barriga de aluguel que ela foi [para a operação Satiagraha]", disse.

Leia mais sobre: escutas telefônicas

    Leia tudo sobre: grampos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG