O prefeito Gilberto Kassab afirmou nesta segunda-feira, em um encontro com empresários em São Paulo, que as denúncias envolvendo o governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, são gravíssimas. Kassab, que é do mesmo partido de Arruda, o DEM, afirmou que se as denúncias forem confirmadas deve haver uma punição exemplar.

Presidente da Câmara põe dinheiro na meia:

Arruda é acusado de participação em esquema de pagamento de propina a parlamentares aliados. O iG divulgou, em primeira mão, um vídeo que, segundo inquérito da Polícia Federal, mostra um esquema de corrupção que teria começado nas eleições de 2006 e que continuou até os dias atuais.

Crise regional

O DEM tentará restringir a crise envolvendo Arruda a um problema do diretório regional. A cúpula do partido delegou ao presidente nacional da legenda, deputado Rodrigo Maia (RJ), a função para administrar a questão com o Democratas de Brasília.

Um dos vice-presidentes do DEM, o deputado José Carlos Aleluia (BA) afirmou que o partido agirá com a brevidade necessária e, sua tomada de decisão, não será corporativista. O problema nas denúncias investigadas pela Polícia Federal, na Operação Caixa de Pandora, é que, além do governador, outros filiados e membros do governo estariam envolvidos.

"Estamos ouvindo a sociedade e as pessoas envolvidas. Esta crise não pode ser do partido mas, sim, no partido e, por isso, vamos tratá-la como um problema do diretório regional. Não há uma metástase (contaminação generalizada) mas um problema localizado que, como tal, deve ser tratado, disse Aleluia.

Sobre a decisão tomada nesta segunda-feira pelo PSB de determinar o afastamento de seus filiados de cargos no GDF e abandonar o apoio ao governo de José Roberto Arruda, o vice-presidente do Democratas disse que não se pode culpar os socialistas pela atitude. O PSDB, segundo o presidente nacional do partido, Sérgio Guerra (PE), adotará a mesma postura.

Aleluia ressaltou que, ao tomar essa decisão, o PSB protege a imagem do partido. Ele acrescentou que, da mesma forma, o Democratas saberá proteger sua imagem. O PDT e o PPS, partidos que compõem a base aliada do governador também anunciarão, ainda hoje, que rumo vão tomar sobre a questão.

(*com informações da Agência Brasil)

Escândalo no Distrito Federal

Entenda

Inquérito da PF

Vídeos

Leia também:

Crise de 2001

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.