Denúncia contra Palocci deve ser rejeitada, diz Mendes

Ao concluir seu voto no julgamento do processo contra o deputado federal Antonio Palocci (PT-SP), o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, relator do caso, disse que a denúncia do Ministério Público deve ser rejeitada. Palocci é acusado de participar, quando ministro da Fazenda, da quebra de sigilo bancário do caseiro Francenildo Costa e da divulgação dos dados em 2006.

Agência Estado |

Mendes, porém, foi favorável à aceitação da denúncia contra Jorge Mattoso, ex-presidente da Caixa Econômica Federal. No caso do jornalista Marcelo Netto, ex-assessor de Palocci, Mendes foi favorável à rejeição da denúncia. No caso de Palocci, Mendes disse que não há qualquer elemento que indique que o ex-ministro solicitou a quebra de sigilo.

O ministro Eros Grau também rejeitou, em seu voto, a denúncia contra Palocci e contra o jornalista Marcelo Netto. Foi favorável, porém, à aceitação da denúncia contra Jorge Mattoso.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG