O senador Demóstenes Torres (DEM-GO) entregou no começo da tarde, na presidência do Senado, um pedido de abertura de processo administrativo disciplinar para que ex-diretor-geral da Casa Agaciel Maia seja demitido do serviço público. Demóstenes também encaminhou pedido para que a Polícia Federal e o Ministério Público investiguem o ex-diretor por crime de improbidade administrativa.

De acordo com os senadores, Agaciel, apontado em relatório da comissão que investigou os atos secretos como o principal responsável pela omissão de 663 medidas tomadas no Senado, também teria aproveitado os boletins sigilosos para infiltrar assessores nos gabinetes sem conhecimento dos parlamentares.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.