Demóstenes: Lula tomará medidas sobre grampo no STF

O senador Demóstenes Torres (DEM-TO), que participa hoje da audiência do presidente do Senado, Garibaldi Alves (PMDB-RN), com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, afirmou que vai cobrar nesse encontro uma decisão dura do governo em relação aos responsáveis pelo grampo. Temos de deixar o presidente agir.

Agência Estado |

Eu confio na atuação do presidente Lula, acredito que ele vá tomar medidas. O que precisa não é de uma ação para dar uma resposta a sociedade, mas enquadrar a Abin (Agência Brasileira de Inteligência). E se o presidente se omitir, vamos para cima dele", afirmou o senador ao deixar o prédio do Congresso em direção ao Palácio do Planalto. "Alguém tem que cair", completou.

Ao cobrar uma ação de Lula, o senador disse que não está isentando o presidente. "As algemas estão com o presidente Lula. Ele tem que usar estas algemas". Ele classificou como "diversionismo" as especulações de que o grampo poderia ter saído de um telefone do Senado. "Se a revista ( Veja ) diz que o responsável é da Abin, não tenho por que duvidar". Ele defendeu, no entanto, uma varredura nos telefones do Senado.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG